Avançar para o conteúdo principal

O "homo tecno mirones"

Fonte: link
"É sabido que o corpo nu apela ao aparecimento dos mirones e muitas vezes esses mirones trazem com eles a máquina fotográfica para registar o acontecimento para a posteridade. Quantos nudistas já passaram por isso?"

Com a miniaturização das maquinas:

"Grava vídeo com qualidade HD, tira fotografias com lente olho-de-peixe com um ângulo de 170 graus, as fotografias são guardadas num cartão microSD e a câmara é carregada via USB."

A proliferação de smartphones com câmaras cada vez mais potentes e de maior alcance e a chegada ao mercado de maquinas compactas com cada vez maior zoom (50x neste exemplo):

Canon PowerShot SX50 HS

A privacidade dos praticantes de naturismo e nudismo nunca esteve tão longe de ser uma realidade. Hoje em dia é virtualmente impossível impedir uma fotografia não autorizada, tal é a tecnologia ao dispor no mercado para esse fim.

Podemos também relembrar que para todos os contextos sociais esta realidade é replicada, e independentemente do local, da companhia e da hora, todos passamos a estar expostos a qualquer fotografia.

Esta realidade é ainda associada ao facto de através do nosso telefone ou smartphone ser possível saber onde estamos e por andámos.

Com a chegada das actividades outdoor a nossa exposição a este mundo tecnológico atinge o ponto mais alto do ano.

Será que é tempo de mudarmos e de pensarmos que se "lixe", eu estou bem comigo e com o meu corpo. Eu não vou perder tempo a pensar nestes mirones tecnológicos  sim porque o mirone tradicional também evoluiu e agora dispõe de ajuda e novas oportunidades para o seu fim. 

O "homo mirones" transformou-se em "homo tecno mirones" e nós naturistas temos de nos adaptar a esta realidade, ou melhor temos de nos mostrar ao mundo de forma frontal, com a naturalidade e o bem estar que o naturismo nos proporciona.

Será que podemos aproveitar esta vaga tecnológica e à boleia do "homo tecno mirones" divulgamos a naturalidade e o bem estar com que praticamos naturismo?

Será esta uma oportunidade ? ou um desafio ?

Deixa-nos o teu comentário e a tua opinião?

Fonte e leitura aconselhada:


http://casaisnudistas.blogspot.pt/2013/03/o-nudista-e-as-fotografias.html

_____________________________________________________


Mensagens populares deste blogue

Naturismo em familia

É já no próximo sábado que vamos estar na praia Palheirão, está previsto uma temperatura máxima de 32ºC para o próximo dia 6 de Agosto, para a zona de Mira-Cantanhede.

Muito importante, não estão previstos Ventos para aquela zona! (N-11Km/h).

Recomendamos que evite uma exposição solar muito grande, e faça uso de protector, especial atenção às crianças. Ingira muitos líquidos, sem álcool.

Cumpra todas as regras de segurança nas praias , especial atenção às praias não vigiadas.

Contamos com a tua presença, procura as nossas bandeiras.

Junta-te a Nós! Naturalmente que contamos contigo nas nossas atividades, para juntos podermos fazer ainda mais pelo Naturismo!

www.cncentro.org

Comporta - Praia mista

Região: Costa Azul - Concelho de Grândola - Distrito de Setúbal Localização: A sul da praia têxtil de Comporta Como chegar: A partir de Alcácer do Sal tomar a N253 em direcção a Comporta. Na localidade de Comporta virar para Norte e seguir pela estrada até um cruzamento com uma estrada de terra batida. Tomar essa estrada em direcção à praia. Ao chegar à beira-mar tomar a direcção sul. Facilidades: Bar na zona têxtil
GPS: N  38°22'55.53" W   8°48'6.08"




Fica a Sul da Península de Tróia, logo abaixo de Setúbal, mas separada pelo Rio Sado. A forma mais directa de acesso consiste em atravessar o rio de barco, entre Setúbal e Tróia, e seguir pela estrada nacional 253-1. Também se pode alcançar a partir de Alcácer do Sal pela N253 ou pela N261 para quem vem de Sul. Existem restaurantes e estacionamento na Praia central (textil). Uma vez na Comporta, tanto pode seguir-se para Norte como para Sul da Pra…